Todos os Her贸is

Refer锚ncias Bibliogr谩ficas


Z贸zimo Bulbul
(1937-2013)
Ator, cineasta e roteirista.

Zózimo Bulbul nasceu em 1937 no Rio de Janeiro. Fazer cinema e televisão foi seu ofício. Foi ator, cineasta e roteirista. Iniciou carreira nos anos 1960, nos áureos anos do Cinema Novo no Brasil. A estréia no cinema aconteceu no início dos anos 1960, no filme Cinco Vezes Favela. Em final dos anos 1960, tornou-se o primeiro negro a ser protagonista de uma novela brasileira, ao participar da novela Vidas em Conflito, na extinta TV Excelsior, fazendo par romântico com Leila Diniz. Zózimo é considerado um dos ícones negros dos anos 1960 pelos trabalhos na televisão e no cinema.

Atuou em filmes como Pureza Proibida do cineasta Alfredo Sternheim; As Filhas do Vento do cineasta Joel Zito Araujo. E na televisão, dentre seus trabalhos, consta a participação na novela Xica da Silva, dirigida por Walter Avancini, na extinta Rede Manchete, no ano de 1996; e na minissérie Memorial de Maria Moura, uma adaptação do romance de Raquel de Queiroz, dirigida por Denise Saraceni, Mauro Mendonça Filho e Roberto Faria, com supervisão artística de Carlos Manga, na TV Globo, no ano de 1996. Dentre diversos outros trabalhos de referência da televisão e do cinema no Brasil.

Zózimo estreou como diretor em 1974, com o curta-metragem em preto e branco Alma no Olho. Em 1988, no longa-metragem Abolição, propõe uma reflexão sobre a comemoração dos 100 anos da abolição da escravatura. Em 2007, fundou o Centro Afro Carioca de Cinema, onde desenvolveu o que é chamado de uma cinematografia afro-brasileira. Nesse Centro são realizadas mostras de filmes, oficinas, debates, seminários e outras estratégias que objetivam valorizar a compreenção do mundo através da arte cinematográfica que tenha por tema ou seja produzida por afrodescendentes.

Zózimo faleceu em 24 de janeiro de 2013, em consequência de um câncer no colo do intestino, deixando um legado de atuação em, aproximadamente, 30 filmes, tendo dirigido em torno de 10 filmes. Ganhou em torno de 20 prêmios nacionais e internacionais. Atuou em filmes importantes na história do cinema brasileiro. Trabalhou com diretores de renome como Glauber Rocha, Cacá Diegues, dentre outros. Como diretor realizou trabalhos focados nas questões pertinentes à população negra.