Todos os Her贸is

Refer锚ncias Bibliogr谩ficas

MARCONDES, Marcos Antônio (org.). Enciclopédia da música brasileira: erudita, folclórica e popular. 2ª ed. São Paulo: Art Editora, 1998, p.168-169.
Dona Zica
(1913-2003)
Dona zica: Euzébia Silva do Nascimento: integrante da velha guarda do Grêmio Recreativo Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira e a última mulher do sambista Cartola.

Euzébia Silva do Nascimento, mais conhecida por Dona Zica. Nasceu em 6 de fevereiro de 1913, no Rio de Janeiro. Foi integrante da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira desde os primeiros anos de sua fundação. É considerada um dos grandes símbolos do carnaval carioca. Dedicou-se durante décadas à Escola de Samba Mangueira, adquirindo, então, o status de ser considerada uma das integrantes mais respeitadas da velha guarda.

Ficou mais conhecida após o casamento com o sambista Cartola. Cartola e Zica eram vizinhos no Morro da Mangueira no final da década de 1920. Porém não se envolveram. Zica casou-se aos 19 anos com seu primeiro marido, teve cinco filhos biológicos e adotou um sexto. Ficou viúva após 20 anos de casada. Cartola também tinha um relacionamento. Porém sem filhos. Após ficar viúvo, deixou o Morro da Mangueira, por um período de mais ou menos 10 anos. Quando voltou ao Morro da Mangueira, encontrou a amiga Zica viúva. Surgiu interesse entre ambos, e começaram a namorar. Passaram a viver juntos no início da década de 1950. Casaram-se oficialmente no início da década de 1960. O casal viveu junto quase 30 anos.

No período do casamento oficial, nos idos dos anos 1960, inauguraram o restaurante Zicartola, lugar que foi palco da festa de casamento de Zica e Cartola. Cabe salientar que o Zicartola se transformou em ponto de encontro dos sambistas cariocas, assim como de jovens da Zona Sul do Rio de Janeiro. Consta que foi o talento gastronômico de Dona Zica que viabilizou a abertura do restaurante. Pois, no início da década de 1960, quando foi comandar um vatapá, na casa de Benjamim Eurico Cruz, advogado e político brasileiro de renome, que Dona Zica fez contatos, do que surgiu posteriormente o restaurante Zicartola. Nos primeiros meses de exixtência do restaurante, servia-se somente as refeições, carinhosamente preparadas por Dona Zica. Os sambistas, no final do expediente, iam ao Zicartola provar boa comida e cantar um samba de primeira. Nesse clima favorável, o sambista Zé Keti teve a ideia de sugerir a realização de noitadas de sambas.

Companheira inseparável do sambista Cartola, Dona Zica era também uma das principais integrantes da Velha Guarda da Mangueira. Morreu em 22 de janeiro de 2003, no Rio de Janeiro, aos 89 anos, de problemas cardiovasculares.

Informa莽玫es Relacionadas

Herói - Cartola
Wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dona_Zica. Data da pesquisa: 30/7/2013.
Wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Zicartola. Data da pesquisa: 30/7/2013.