Instituições

Olodum

  • Escola Criativa Olodum - Salvador / Bahia - escolaolodum@uol.com.br
  • Arte no Dique - Santos / São Paulo

Rua Professor Nelson Spíndola Lobato, s/n, Vila Pelé, Santos, SP
CEP 11088-350
Tel.: (13) 3261-8892
nborgomoni@bol.com.br

  • Régua e Compasso - Santo André / São Paulo

Projeto de Ação Complementar e Educativa Régua e Compasso
Rua Dona Laura, 214, Santo André, SP
CEP 09040-240
Tel.: (11) 4994-2866
regua.compasso@ig.com.br


Quilombos

  • Secretaria de Defesa e Proteção às Minorias (Sedem) - Alagoas

http://www.sedem.al.gov.br

Tel: 82 - 3315-2625
Fax: 82 - 3315-2652
Email: sedem@sedem.al.gov.br

Endereço:
Centro Administrativo Governamental - AL 101 - Norte Km 05 – Jacarecica - CEP 57036-370 - Maceió - Alagoas

Rua 07 de Setembro, 156
Centro
Fone/fax(98):
3231-1601 e 3231- 1897
São Luís/MA - Brasil

E-mails: smdh@terra.com.br e smdh@smdh.org.br

  • Projeto Vida de Negro - Maranhão

http://www.ccnma.org.br/projeto_pvn.htm

Centro de Cultura Negra do Maranhão - CCN/MA
Rua dos Guaranis, s/nº - Barés - João Paulo
CEP 65040.630 - São Luís/MA - Brasil
Fone/fax (98) 3243.9707 - 3249.4938 - 271.8367


Teatro e cinema

  • ONG Maria Mulher - Porto Alegre
  • Raízes da África - Rio Grande do Sul

Diversão

A COR DA CULTURA - BAHIA

Associação Cultural Bloco Carnavalesco Ilê Ayê
Rua do Curuzu, 228 - Liberdade
CEP - 40365-000 - Salvador - BA
www.ileaye.org.br
Tel. (71) 2103-3400
  Grupo Cultural Nego Fugido
Contato: Monilson dos Santos
(75) 8151-5479
Santo Amaro - BA
     
Associação das Baianas de Acarajé, Mingau, Receptivo e Similares do Estado da Bahia
associacaodasbaianas@hotmail.com
(71) 3266 0815 / 3322 9674
Memorial das Baianas
Belvedere da Sé, Praça da Sé s/n, Centro
CEP: 40 000 000 - Salvador - BA
  Associação dos Sambadores e Sambadeiras de Roda do Estado da Bahia
Rua do Imperador, s/n - Santo Amaro - BA
www.asseba.com.br
asseba@gmail.com
Tel. (75) 91349127 / (75) 91478507
     
Centro Esportivo de Capoeira Angola de Salvador
Rua Raimundo Viana, 61E - Rio Vermelho
Salvador - BA
Contato: Mestre Faísca
(71) 8813-9060/(71) 9214-5476/(71) 3345-2311
  Museu Afro-Brasileiro
Terreiro de Jesus - Prédio da Antiga Faculdade de Medicina
Centro HIstórico - Salvador - BA
Tel. (71) 3283-5540 / 5541


A COR DA CULTURA - ESTRADA REAL - MINAS GERAIS

Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto
Praça Tiradentes, 20 - Centro
Ouro Preto - MG - CEP 35400-000
Tel. (31) 3559-3119 / 1597
museu@ufop.br
  Associação dos Doceiros e Agricultores Familiares de São Bartolomeu
São Bartolomeu - MG
Contato: Pia Márcia
(31) 3551-0929
     
Casa dos Contos
Rua São José, 12 - Centro
Ouro Preto - MG - CEP 35400-000
Tel. (31) 3551-1444
  Garimpo Real
Diamantina - MG
Contato: Belmiro
(38) 9106-1226 ou (38) 3531-1557
     
Mina do Chico Rei
Rua D. Silvério, 108
Ouro Preto - MG
Tel. (31) 3551-1749
   


MARANHÃO

INSTITUTO COMO VER
Núcleo de Atividades do Officina Affro /Casa nº400 - Apeadouro
Travessa Padre Manoel da Nobrega.
Tel (98) 3271 7199 - afrocalimba@ig.com.br
  Tambor de Crioula
Proteção de São Benedito
Clemente - (98) 8832 6401
     
Casa de Cultura - Casa de Fésta
Rua do Giz, 221 - Praia Grande
Fone: (98) 3218-9925
  Boi Brilho da Sociedade de Cururupu
Rua Gomes de Sousa, 596 - Vila Passos
AV. Vitorino Freire, atras dos pre-moldados Pina
Tel - Eliéser - (98) 8809 8656 / 3221 6012 - Mathilde
     
Tambor de Mina
Terreiro Casa de Tradição de Matriz Africana - Tambor de Mina
Av 14 , quadra 9 - casa 9 - Conjunto Maiobão
Tel (98) - 3237 2424
  Boi de Maracanã
Rua da Igreja, 99 - Maracanã
Tel - (98) 3241 7658 / 3241 0911


MULHERES

Ação Comunitária
Tom Gordilho
Assessoria de Comunicação
www.acaocomunitaria.org.br
Tel: (21) 2253-6443 e Cel: (21) 9736-0620
  CASA DA CULTURA DA MULHER NEGRA
Rua Prof. Primo Ferreira , 22 - Boqueirão - Santos - Canal 4
Tel (13) 38779455
www.casadeculturadamulhernegra.org.br
     
CORAL DO CECUNE
Suzana Ribeiro -Coordenação de Projetos - suzanamrr@gmail.com
Fones (51) 3348-9542
  AFROBRAS (SP)
Av. Santos Dumont, 843 - São Paulo
Tel - (11) 3229 4590
www.novo.afrobras.org.br
     
MARIA MULHER
Endereço: Rua Moab Caldas, 2035 - Vila Cruzeiro
Tel -(51) 3219 0180 / (51) 3286.8482
www.mariamulher.org.br
   


INFOS - COR DA CULTURA ESTRADA REAL

Casa dos Contos
Rua São José, 12 - Centro
Ouro Preto - MG - CEP 35400-000
Tel. (31) 3551-1444
A Casa dos Contos é um dos mais amplos e belos monumentos do barroco mineiro. O prédio foi construído em Ouro Preto, MG, entre 1782 e 1784, para sediar a Casa dos Contratos e serviu de residência para o arrematante dos contratos e dos dízimos e entradas, João Rodrigues de Macedo, uma das maiores fortunas da colônia no século XVIII. Restaurado na década de 80, hoje é Museu e Centro de Estudos do Ciclo do Ouro, ligado ao Ministério da Fazenda.
 
Associação dos Doceiros e Agricultores Familiares de São Bartolomeu
São Bartolomeu - MG
Contato: Pia Márcia
Tel. (31) 3551-0929
Reúne os doceiros tradicionais de São Bartolomeu, cujos produtos ganharam o selo de Patrimônio Imaterial de Ouro Preto.
 
Garimpo Real
Diamantina - MG
Contato: Belmiro - Tel. (38) 9106-1226 ou (38) 3531-1557
Área de garimpo artesanal, utilizada em Diamantina pelos garimpeiros locais e também aberto ao público.
 
Grupo de Congado de Nossa Senhora do Rosário de Santa Efigênia
Ouro Preto - MG
Contato: Rodrigo - Tel. (31) 8697-3300
Faz parte da tradição cultural e religiosa de Ouro Preto. A origem do grupo de Congado é associada à figura lendária de Chico Rei, o escravo que era rei da nação de Moçambique e conseguiu juntar dinheiro para pagar a sua alforria e de outros escravos e organizou a Irmandade do Rosário e de Santa EfigêniaFrancisco da Natividade, o Chico Rei. Segundo a lenda, depois de alforriado, Chico, que tinha realmente sido rei da nação Moçambique antes de ser vendido como escravo, conseguiu juntar dinheiro, alforriar seu filho e outros membros da nação organizando-os na Irmandade do Rosário e de Santa Efigênia.
 
Associação Cultural Bloco Carnavalesco Ilê Ayê
Rua do Curuzu, 228 - Liberdade
CEP - 40365-000 - Salvador - BA
http://www.ileaye.org.br
Tel. (71) 2103-3400
Desenvolve ações diversas na área da de cultura, educação, religiosidade e valorização da identidade negra.
O primeiro bloco afro do Brasil. O projeto inicial era ser um bloco de carnaval contra o racismo. Ficam no bairro com maior população negra de Salvador. Do bloco criaram uma escola de música e percussão. Criaram cooperativas de fabricação de calçados, bolsas, instrumentos. Aulas de dança, cozinha. Inauguram estúdios. Tem uma banda que só toca músicas próprias. Atendimento de 500 pessoas fundada em 1974.
 
Associação das Baianas de Acarajé, Mingau, Receptivo e Similares do Estado da Bahia e Memorial das Baianas
associacaodasbaianas@hotmail.com
(71) 3266 0815 / 3322 9674
Memorial das Baianas - Belvedere da Sé, Praça da Sé s/n, Centro
CEP: 40 000 000 - Salvador - BA
Conjunto de espaços expositivos e de documentação com a finalidade de situar a tradição, a história e demais temas agregados ao ofício, registrado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural do Brasil, em 14 de janeiro de 2005, no Livro de Registro dos Saberes. A reformulação da área expositiva do memorial embasou o registro do ofício como patrimônio cultural e em outros projetos de apoio ao artesanato associado à imagem e ao trabalho da baiana de acarajé, como os fios-de-contas, pano-da-costa e a roupa de baiana, desenvolvidos pelo CNFCP.
 
Centro Esportivo de Capoeira Angola de Salvador
Rua Raimundo Viana, 61E - Rio Vermelho - Salvador - BA
Contato: Mestre Faísca - (71) 8813-9060 ou (71) 9214-5476 ou (71) 3345-2311
Capoeira que corresponde a uma das características da cultura africana Bantu.
 
Grupo Cultural Nego Fugido
Contato: Monilson dos Santos - (75) 8151-5479
Santo Amaro - BA
Grupo faz encenação ao ar livre, recriando as tentativas de fuga dos negros. Manifestação cultural tradicional na comunidade de pescadores de Acupe, Santo Amaro da Purificação, remanescentes de escravos africanos de origem Nagô.
 
Associação dos Sambadores e Sambadeiras de Roda do Estado da Bahia
Rua do Imperador, s/n - Santo Amaro - BA
http://www.asseba.com.br
asseba@gmail.com
Tel. (75) 91349127 / (75) 91478507
A organização surgiu em 17 de abril de 2005, a partir do movimento deflagrado pelos grupos de samba de roda do Recôncavo Baiano. O movimento começou, estimulado por uma série de pesquisas realizadas pelo Instituto do Patrimônio Historio Artístico Nacional - IPHAN, para constituição do dossiê sobre o samba de roda. Após o Instituto registrá-lo como Patrimônio Cultural Brasileiro (em outubro de 2004), foram criadas as condições para o reconhecimento do samba de roda do Recôncavo Baiano, pela UNESCO, como Obra Prima do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade, em novembro de 2005.
 

Museu Afro-Brasileiro
Terreiro de Jesus - Prédio da Antiga Faculdade de Medicina
Centro HIstórico - Salvador - BA
Tel. (71) 3283-5540 / 5541

O Museu Afro-Brasileiro nasceu do Programa de Cooperação cultural entre o Brasil e países da África e para o desenvolvimento dos estudos voltados para a temática afro-brasileira, através de convênio firmado entre os Ministérios das Relações Exteriores e da Educação e Cultura, O Governo da Bahia, a Prefeitura da Cidade do Salvador e a Universidade Federal da Bahia. Sua inauguração ocorreu em 7 de janeiro de 1982.

 


O Museu foi instalado no histórico prédio da primeira Escola de Medicina do Brasil, de propriedade da Universidade Federal da Bahia, no Terreiro de Jesus. Em 1997, o Museu Afro-Brasileiro passou por um amplo processo de reestruturação atualizando a sua museografia e abordagem conceitual.

 


O Centro de Estudos Afro-Orientais, órgão suplementar da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA, é o organismo responsável pelas atividades do Museu Afro-Brasileiro. Seu acervo é composto de peças da cultura material de origem ou inspiração africana, representativas da vida cotidiana, dos processos tecnológicos, do sistema de crenças, das manifestações artísticas e da tradição oral na África tradicional.São esculturas, máscaras, tecidos, cerâmicas, adornos, instrumentos musicais, jogos e tapeçarias, provenientes do continente africano, adquiridos na década de 70, pelo Ministério das Relações Exteriores, ou através de doações das diversas embaixadas dos países da África.

 

INSTITUTO COMO VER - SÃO LUIS - MARANHÃO
Officinas Afro é uma Organização Não-Governamental (ONG), de natureza artístico-cultural e desportivo, que foi fundado em 15 de Março de 1984. Iniciou suas atividades com Ginástica Rítmica Desportiva GRD e dança de vários estilos. Atende crianças e jovens através de cursos de capacitação em dança afro, capoeira, percussão e confecção/uso de instrumentos musicais populares e étnicos e ainda, atividades desportivas.


As crianças e adolescentes são oriundos de famílias em situação de pobreza; pessoas desocupadas e candidatos a primeiro emprego. A ONG está localizada no bairro do Apeadouro, São Luis, no Estado do Maranhão.


Desenvolve ações sócio-afro-culturais de combate à discriminação racial, impulsionando a auto-estima e o orgulho dos afro-brasileiros, defendendo e lutando para assegurar os direitos civis e humanos das pessoas marginalizadas, que encontram-se em ânsia de igualdade e oportunidades, no Maranhão e no Brasil.

 

MARIA MULHER - PORTO ALEGRE - RIO GRANDE DO SUL
Fundada em março de 1987,na cidade de Porto Alegre- RS, Maria Mulher é uma organização feminista, coordenada por mulheres negras com formação e experiências diversas, favorecendo a realização de um trabalho interdisciplinar. Desde a sua fundação, Maria Mulher vem pontuando a defesa dos direitos das mulheres e a luta pela melhoria das condições de vida da população afrobrasileira.

Busca sensibilizar os setores da sociedade contra práticas de discriminação racial e sexual através da denúncia responsável e da informação bem fundamentada.


Oferece plantão de atendimento social, atendimento psicossocial, visitas domiciliares, oficinas de auto-estima e auto-ajuda, oficinas de saúde, direitos sexuais e reprodutivos, oficinas de informação e educação continuada de geração de trabalho e renda visando o aperfeiçoamento profissional em confecção de roupas, produção de alimentos, cuidados pessoais, reciclagem de papel, gerenciamento de renda; de novas tecnologias de informação e comunicação social, oficinas de alfabetização, leitura e releitura da realidade vivida, participação política e comunitária, com o objetivo de oportunizar a estruturação emocional e profissional a mulheres vivendo com dst/hiv/aids e mulheres em situação de violência doméstica e vulnerabilidade social.

 

CECUNE - PORTO ALEGRE - RIO GRANDE DO SUL

O CENTRO ECUMÊNICO DE CULTURA NEGRA, o Cecune é uma ONG sediada em Porto Alegre- RS, fundada em 1987, que realiza ações voltadas ao desenvolvimento de projetos para o despertar da auto-estima da população afro-descendente. A instituição se mantém com o trabalho voluntário de seus integrantes, auxílios e patrocínios específicos para projetos, bem como com as alianças e parcerias com órgãos e entidades da sociedade civil.


O coral
O Coral do Cecune foi criado em março de 1994, em Porto Alegre, reunindo pessoas de 14 a 60 anos em atividades de pesquisa, alfabetização musical, interpretação vocal e acompanhamento instrumental. A experiência pioneira da comunidade afro-brasileira no Rio Grande do Sul, além do seu caráter comunitário, tem como característica fundamental a adoção de uma metodologia própria de construção do canto. Os objetivos da iniciativa são promover o resgate da expressão musical com matrizes nas culturas africanas e construir uma proposta pedagógica popular de canto coral.

 

CASA DE CULTURA DA MULHER NEGRA - SANTOS - SÃO PAULO
Casa que funciona em Santos -SP, há mais de vinte anos. Trabalha com o a valorização da mulher negra e a preservação da cultura e memória.


Oferece resgate da Culinária Afro através de um restaurante aberto a comunidade com pratos da culinária africana. Atendimento jurídico e psicológico, oficinas de capacitação em tranças afro, oficina de máscaras africanas, oficina de ciranda de praia, dança ou batuque; palestras, biblioteca com acervo de mais de 3 mil títulos e loja étnica.

Atende visitantes e escolares que tem interesse em se aprofundar na cultura afro assim como sua importância para a formação do povo brasileiro.

 

AFROBRAS - SÃO PAULO - SP
A Afrobras é uma organização não governamental, fundada em 1997, que reúne intelectuais, autoridades, personalidades, negras ou não, e tem por finalidade trabalhar pela inserção socioeconômica, cultural e educacional dos jovens negros brasileiros. Em âmbito nacional, realiza atividades de informação, formação, capacitação, qualificação e ações afirmativas para inserção e visibilidade do negro brasileiro.

Os principais projetos da Afrobras são:
FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES - A Faculdade Zumbi dos Palmares tem por missão a inclusão dos afrodescendentes no ensino superior, viabilizando a integração de negros e não negros em ambiente favorável à discussão da diversidade social, no contexto da realidade nacional e internacional.

 

PROGRAMA DE TV NEGROS EM FOCO- Canal 14 UHF - RBI / Canal 9 da Net - TV Aberta - No ar desde 2003, é um dos únicos no Brasil que conta com apresentadores e diretores negros à frente. A atração tem formato inédito, é apresentada por jornalistas afro-brasileiros e discute temas que interessam o negro brasileiro.
 
REVISTA AFIRMATIVA PLURAL
A Afirmativa Plural é uma das poucas revistas no país a discutir o universo afro-brasileiro em toda sua diversidade. É uma publicação bimestral com abordagem nos principais temas de interesse da comunidade afro-brasileira.